O que é Bichectomia e como funciona a cirurgia?

Quando perguntamos sobre o que é bichectomia, muitas pessoas, mesmo tendo ouvido falar do procedimento, ainda têm diversas dúvidas sobre ele. Essa cirurgia, apesar de não ser recente, ganhou fama só agora, depois que celebridades e revistas passaram a falar sobre ela.

Depois de tanto ouvir sobre o procedimento, pode ser que surja alguma curiosidade a respeito do tema… Se isso aconteceu, nosso texto de hoje é o mais indicado! Hoje vamos falar sobre o que é, para que serve e quais são os cuidados que paciente e profissional médico precisam ter em relação à bichectomia.

O que é bichectomia?

A bichectomia é um procedimento cirúrgico utilizado por quem deseja um rosto mais fino. No procedimento, duas bolsas de gordura (que ficam entre o maxilar e a mandíbula) são retiradas do paciente.

O curioso nisso tudo é que essas bolas existem em qualquer pessoa, esteja ela acima do peso ou não.

Precauções médicas

A bichectomia não é considerada uma cirurgia complexa ou cheia de riscos. Por outro lado, assim como acontece com qualquer cirurgia plástica, existem algumas reflexões que precisam ser feitas.

Em primeiro lugar, uma avaliação do quadro do paciente se faz necessária. Uma vez que os níveis de gordura subcutânea facial geralmente ficam reduzidos com o envelhecimento, é necessário ponderar para entender se o paciente não precisará dessas bolsas no futuro.

Além disso, apesar de simples, o procedimento é feito em uma área cheia de nervos e ductos salivares. Sendo assim é bastante importante que o dentista esteja completamente habilitado para o procedimento.

Como é feita a bichectomia?

Podendo ser feita em uma clínica estética ou odontológica, a bichectomia é realizada com o apoio de uma anestesia local (a mesma que os dentistas utilizam para a extração de dentes).

Depois disso, uma incisão de 1 centímetro é suficiente para permitir a retirada das bolsas de gordura. Após o procedimento, um ponto é suficiente para fazer a sutura do pequeno orifício.

Também é interessante ressaltar que, há alguns anos, a retirada da “bola de bichat”, como chamam os cirurgiões, era feita somente em casos de necessidade médica. Hoje em dia, com o rosto mais fino sendo considerado padrão de beleza, grande parte dos procedimentos acontece somente com fins estéticos.

Bichectomia-arte

Pós-operatório da bichectomia

Quem se interessa por fazer a bichectomia, geralmente procura informações sobre o pós-operatório. Será que as restrições são muito rígidas a ponto de bagunçar uma rotina?

A resposta é “não”. Apesar de pequenas variações no pós-operatório, a maioria dos pacientes precisará, basicamente:

  • Evitar o sol e as atividades físicas por uma semana (7 dias);
  • Tomar medicação por 4 dias;
  • Aplicar gelo na região por 4 dias.

No oitavo dia, a maioria dos pacientes já está de volta às suas atividades rotineiras.

***

Você ainda ficou com alguma dúvida sobre o que é bichectomia ou sobre como ela funciona? Então deixe um comentário abaixo, responderemos o mais breve possível!

Para acompanhamento completo de sua saúde bucal, procure a clínica Di Paula! Entre em contato pelo telefone (61) 3382-7494 ou por e-mail contato@clinicadipaula.com.br.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

//]]>