Saiba mais sobre vacinas e calendário de Vacinação

Vacina é uma preparação antigênica, que inoculada (administrada) num indivíduo induz uma resposta imunitária protetora específica de um ou mais agentes infecciosos. O antígeno da vacina é normalmente composto por microrganismos (vírus ou bactérias) completos, mortos ou atenuados, ou de um fragmento desses microrganismos, por exemplo, uma parte da parede celular de uma bactéria, uma toxina inativa, entre outros.

O antígeno escolhido para uma vacina deve ser “imunogênico”, ou seja, deve desencadear uma reação imunitária e não provocar a doença. A vacina é uma medida de proteção que induz no indivíduo uma resposta imunitária como se tivesse sido realmente infectado pelo microrganismo. O antígeno da vacina é apresentado em pequenas quantidades na dose, numa forma purificada, diluído num líquido estéril e por vezes combinado com adjuvantes, que amplificam a reação imunitária.

As vacinas não são consideradas medicamentos, e apresentam várias diferenças assinaláveis relativamente aos medicamentos clássicos, tal como identificado na seguinte tabela:

VacinaMedicamento
AçãoPreventivaTerapêutica
BenefícioIndividual e coletivo O efeito não é perceptível (não contrai a doença)Individual O efeito é visível (normalmente ocorre melhoria)
IndivíduosSaudáveisDoentes
//]]>