Como não exagerar nas comidas das festas juninas

landscape-1445641721-1439283078-howtosmallerpores
Cuidados com a saúde da pele no inverno
8 de junho de 2017
sono do bebê
Sono do bebê: mitos e verdades
20 de junho de 2017
Mostrar tudo

Como não exagerar nas comidas das festas juninas

comidas-festa-junina

Festa junina é uma maravilha, não é mesmo? É uma das festas típicas mais populares do Brasil. E não é pra menos: danças típicas, quermesses por toda a cidade e, é claro, o convidado de honra dessa festa toda: a comida! Assim como na alimentação do dia-a-dia, nas festas juninas não é necessário restringir os alimentos, deixar de comê-los. O que precisa ser feito, é o consumo com moderação. Dentre os alimentos das festas juninas, existem opções ruins para o organismo, com alto teor de gordura e açúcar, mas também alimentos que são saudáveis e podem até melhorar o funcionamento do seu organismo. A palavra de ordem aqui é moderação.

Algumas comidas, como o cachorro-quente, paçoca, arroz doce e canjica devem ser evitados. Esses alimentos chegam a ter quase 400 calorias em 100 gramas, além de possuírem alto teor de açúcar e não serem saudáveis, como é o caso da salsicha do cachorro-quente. No entanto, como dissemos, a ir a uma festa junina não pode se transformar em sofrimento! O consumo pode ser feito desde que haja moderação.

Faça a ingestão de pequenas porções. Se não houver pequenas porções na festa, divida o alimento com alguém que estiver lhe acompanhando. Assim, você pode provar um pouquinho de cada comida. Além disso, troque o cachorro-quente por sanduíches de carnes frescas ou espetos de churrasco de carne magra. Esses alimentos, quando combinados com o milho cozido – que é rico em fibras – melhoram o funcionamento do nosso corpo.

comida-saudavel-festa-junina

Os alimentos feitos à base de milho são, em geral, benéficos para o organismo. No entanto, é preciso cuidado: o milho cozido, por exemplo, geralmente é servido com manteiga, então lembre-se de pedir uma opção sem o ingrediente. No caso dos doces mais calóricos, como o famoso bolo de milho, opte pelo preparo feito em casa. Troque a farinha branca pela integral, use açúcar mascavo e leite desnatado. Corra das frituras! Os pastéis, por exemplo, são alimentos muito comuns em festas juninas, mas o óleo utilizado para o preparo deles geralmente é reutilizado muitas vezes, e acaba se transformando em gordura trans – item extremamente prejudicial ao organismo, diretamente relacionado a doenças cardiovasculares.

Para quem tem filhos, essa atividade ainda pode ser transformada em uma brincadeira para as crianças: deixe que elas lhe ajudem no preparo das receitas. E, para quem gosta de comemorar as festas juninas em família, uma ótima opção é preparar todas as receitas em casa. Dessa forma, você pode controlar os ingredientes utilizados em todos os alimentos, e assim, garantir que toda a família está consumindo alimentos saudáveis.

Aumente o consumo de água nos dias antes e depois da festa, principalmente se você for consumir bebidas alcoólicas, como o “quentão”. Entre um copo e outro da bebida, faça a ingestão de água, pois o álcool causa a desidratação do organismo.  E, é claro, não exagere na quantidade de bebida alcoólica, pois os efeitos para o organismo são bastante nocivos. Além disso, preocupe-se sempre em manter uma vida saudável, praticando exercícios regularmente. Mantenha uma alimentação equilibrada sempre. Dessa forma, quando chegam as festas, você não precisa ficar com a consciência pesada após comer alguns alimentos calóricos.

Por fim, uma última dica é incrementar a alimentação diária com alimentos antioxidantes, que trazem benefícios ao organismo, uma vez que auxiliam na eliminação de toxinas ingeridas com os alimentos consumidos nas festas juninas.

 

Para o acompanhamento completo da saúde da sua família, procure a Clínica di Paula. Entre em contato pelo telefone (61) 3382-7494 ou por e-mail contato@clinicadipaula.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

//]]>